Novidades

Brasil está crescendo em biocombustíveis

A BP fechou um acordo com a empresa de agronegócios dos EUA Bunge para formar uma usina de bioenergia no Brasil.

A transação criará uma joint venture 50:50 combinando os negócios de biocombustíveis da BP e da Bunge no mercado brasileiro em rápido crescimento.  A combinação de ativos e experiência cria valor por meio de escala e eficiência e posiciona os novos negócios para o crescimento de biocombustíveis e biopoder.

A BP Bunge Bioenergia terá 11 unidades de biocombustíveis e capacidade de produção de 32 milhões de toneladas métricas de cana-de-açúcar por ano, tornando-se o segundo maior player da indústria de biocombustíveis de etanol de cana no Brasil.  

“Este é outro exemplo em larga escala do compromisso da BP em desempenhar um papel de liderança em uma rápida transição para um futuro de baixo carbono. Os biocombustíveis serão uma parte essencial da transição energética, e o Brasil está mostrando como eles podem ser usados ​​em escala, reduzindo as emissões dos transportes. Essa combinação abrirá novas possibilidades para maior eficiência e crescimento futuro neste mercado chave. ”

Dev Sanyal, executivo-chefe da BP Alternative Energy, disse: “Em uma etapa, isso permitirá à BP aumentar significativamente a escala de nossos negócios em um dos principais mercados de biocombustíveis em crescimento do mundo. Com um compromisso compartilhado de segurança e sustentabilidade, reunir nossos ativos e conhecimentos nos permitirá melhorar o desempenho, desenvolver opções de crescimento e gerar valor real. A BP Bunge Bioenergia estará bem posicionada para apoiar a crescente demanda do Brasil por biocombustíveis de baixo carbono e biopoder. ”

Voltar ao Topo