Offshore

Brasil atualmente lidera o mundo no desenvolvimento da produção flutuante offshore

Com a implantação de 21 FPSOs até 2025, o Brasil atualmente lidera o mundo no desenvolvimento da produção flutuante offshore. Como parte do Global Offshore Brasil Summit, no Rio de Janeiro 4 de março th e 5 th 2020 de Wood Chris Barton vai levar um painel de alto-falante exclusivo FPSO Focus.

Barton, vice-presidente sênior de desenvolvimento de negócios da Wood, apresentará inovações no design e entrega do FPSO no evento. Bruce Crager, vice-presidente executivo do grupo de consultoria especializada da Endeavor Management, também falará no painel, discutindo o desenvolvimento das melhores práticas do FPSO. Painelistas adicionais, sobre tópicos que vão da digitalização à monetização de gás, serão confirmados nos próximos dias.

A Cúpula Global Offshore do Brasil aborda o impacto da transformação do Brasil em um mercado mais competitivo, permitido por várias operadoras globais, que impulsionarão o crescimento a longo prazo na arena de águas profundas mais prolífica do mundo. O sucesso no Brasil depende do entendimento e da cooperação entre os operadores e a cadeia de suprimentos, e requer um entendimento firme do atual ambiente regulatório e financeiro. A cúpula é composta por várias sessões de painel interativo ao longo de dois dias inteiros, discutindo as necessidades estratégicas, financeiras e tecnológicas do mercado internacional, com foco especial na avaliação e fortalecimento da cadeia de suprimentos em águas profundas.

Voltar ao Topo