Energia

Brasil aceita aquisição do portfólio eólico de 183 MW da Omega

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) do Brasil aprovou a aquisição pela Omega Geração SA (BVMF: OMGE3) de uma participação de 50% em um pacote de energia eólica de 182,6 MW no estado da Bahia.

A empresa brasileira de energia renovável está comprando a participação no portfólio eólico da EDF Renewables, a unidade de energia verde da concessionária francesa EDF SA (EPA: EDF).

O CADE não mencionou o valor do negócio, mas de acordo com um comunicado anterior, a Omega deveria pagar R $ 661,7 milhões (US $ 125,5 milhões / EUR 106,3 milhões), dos quais cerca de 55% em dinheiro.

A aprovação foi concedida sem restrições e publicada no Diário Oficial do país. Especificamente, a EDF está alienando participações na VDB F1 Geração de Energia SA e VDB F2 Geração de Energia SA, controladoras dos complexos Ventos da Bahia 1 e 2.

Com a concretização desta transação, as duas empresas controlam em conjunto um portfólio eólico e solar de 504 MW, afirmou a Omega no mês passado.

Voltar ao Topo