Notícias

Bolsonaro continua críticas à Petrobras e sugere mudança na política de lucros

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, sugeriu na segunda-feira que poderia mexer na política de lucros da Petrobras ( NYSE: PBR ), cortando o percentual distribuído aos acionistas, informa a Reuters.

Bolsonaro, que está concorrendo à reeleição em outubro, teria dito em um discurso que todas as empresas de petróleo do mundo reduziram suas margens de lucro durante a atual crise econômica, exceto a Petrobras ( PBR ), e que “há mais por vir no questão do petróleo”.

Em um depósito de valores mobiliários no Brasil, a Petrobras ( PBR ) disse que não está discutindo mudanças em sua política de preços com o Ministério da Energia e reiterou seu compromisso com preços competitivos.

Há uma semana, a Petrobras ( PBR ) elevou os preços domésticos do diesel apesar das críticas de Bolsonaro sobre “lucros abusivos”.

Separadamente, o governo brasileiro aprovou a venda anteriormente proposta pela empresa de sua refinaria REMAN de 46 mil barris/dia.

O novo CEO da Petrobras ( PBR ), José Mauro Coelho, disse recentemente que as preocupações de Bolsonaro com os altos preços dos combustíveis são legítimas, mas a empresa tem a obrigação de manter sua política de preços; Coelho assumiu a liderança da empresa em 14 de abril .

Voltar ao Topo