Política

Bolsonaro diz que aguarda oportunidades do Fórum de Dubai

bolsonaro dubai

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse segunda-feira a potenciais investidores na Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, sobre as oportunidades que o esperam em seu país.

Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participam do “Fórum Invest in Brazil”, dentro da feira internacional, em busca de fluxos de caixa para a deterioração da economia de seu país em um cenário pós-pandêmico.

Liderando a oferta de produtos do Brasil estão os jatos Embraer de curto e médio alcance, além de outros desenvolvimentos dessa fabricante de aeronaves.

“Tenho certeza de que esta etapa os fará investir mais”, disse Bolsonaro. “Espero voltar em breve anunciando mais interações entre nós”, acrescentou.

Bolsonaro também elogiou os laços de sangue entre o país sul-americano e aquela parte do mundo: “O Brasil tem mais de cinco milhões de árabes, se contarmos os descendentes chegamos a 30 milhões, mais do que parceiros somos irmãos”, frisou.

O chefe de estado também abordou a questão das críticas em todo o mundo contra sua administração por questões ambientais. “Queremos que você conheça o Brasil. Uma viagem e um tour pela Amazônia é algo fantástico, até para você ver que nossa Amazônia, sendo uma floresta úmida, não pega fogo ”, explicou Bolsonaro, ao insistir que os“ ataques ”contra o Brasil nesses assuntos“ não são. justo ”, porque“ mais de 90% daquela área está preservada lá, é a mesma de quando foi descoberta em 1500 ”.

O Fórum foi organizado pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), órgão vinculado ao Ministério das Relações Exteriores.

“Aqui estão os petrodólares”, disse Guedes. Os países árabes são o terceiro maior comprador de carne do Brasil, atrás apenas da China e da União Européia. Bolsonaro disse ainda que os países árabes são um dos “parceiros preferidos” do Brasil, para quem seu país tem “portas abertas” para negócios em diferentes áreas, especialmente na agricultura.

Guedes destacou ainda que “demos um grande passo na década de 1980 para conquistar a reciclagem de recursos” do Oriente Médio, acrescentou. “Estamos muito otimistas, acreditamos que o crescimento da economia brasileira está garantido, não aposte contra a economia brasileira”, prosseguiu.

Segundo projeções do Banco Central do Brasil, o Produto Interno Bruto crescerá 4,9% neste ano e cerca de 1,4% em 2022, valor abaixo da média das economias mais desenvolvidas do mundo.

A viagem de Bolsonaro pelo mundo árabe continuará no Bahrein e no Catar.

Voltar ao Topo