Benefícios

Bolsa Família: Pagamento do 13º salário sai em 2020?

Um dos pagamentos mais esperados de 2020, é o décimo terceiro do bolsa família. Logo, a dúvida que está passando na cabeça de muitos beneficiários é se mesmo em meio a pandemia esse pagamento irá ocorrer?

Em tese sim, os brasileiros que comtemplam esse beneficio vão sim continuar sendo atendidos pelo programa social, em um decimo terceiro salário. Contudo, esse vai ser pago, de maneira alternativa e para um grupo de pessoas seleto.

Para compreender essa situação, é preciso absorver a essência do bolsa família, vendo que esse é instituído pelo governo para erradicar a pobreza e a extrema pobreza. A princípio, ele vem tentando romper o ciclo hereditário de miséria das famílias expostas em situação de vulnerabilidade.

Foi colocado em prática em 2003, sendo engrenado definitivamente 9 de janeiro de 2004. Logo, nos primeiros anos do programa social, boa parte da população carente deu um salto positivo dentro do país.

Portanto, o bolsa família é um programa, que busca melhorar a desigualdade social e alavancar a cidadania.
Assim sendo, todos aqueles que estão contemplando o benefício, tem o dever de fiscalizar e se serem honestos com as suas condições.

Lembramos que qualquer brasileiro pode ter direto ao benefício, contanto que se englobe nas condicionalidades exigidas pelo programa.

Sendo que, esses brasileiros são protegidos pelo governo, em seus amplos aspectos e poderes. Em suma, esse tem o compromisso de garantir que os direitos sociais básicos, esteja disposto a todos que necessitam dele.

E assim o décimo terceiro, vem como mais uma alavanca de progresso e amparo. Conduto, comtemplando os direitos e deveres do povo.

Como Funciona O Pagamento Do 13° Do Programa Bolsa Família 2020?

A nova gestão do governo, administrada pelo presidente Jair Bolsonaro, já havia batido o martelo no aniversário de 100 dias de posse da presidência sobre o décimo terceiro.

Segundo a próprio governo, essa medida foi possível graças a um aumento de 2,5 bilhões no orçamento. Assim o Ministério da Cidadania, pode oficializar a funcionalidade do pagamento do 13° no ano de 2020.

A única questão curiosa nesse tema, é que em tese todos os beneficiários, já podem contar com esse dinheiro extra. Todavia, uma verba extra foi disposta para combater fraudes.

Assim diferentemente do que era esperado, todos vão passar por uma análise justa, antes de requerer um 13° salário do Bolsa Família. Sendo que, esse deve ser pago a partir de dezembro.

Considerando a pandemia, não se sabe se o governo vai realizar esse pagamento mediante duas parcelas. De modo que, uma pode ocorrer em dezembro e outra em janeiro de 2021.

Mas o que está certo, é que as datas de pagamento continuam seguindo o número final do NIS.

Como saber os beneficiários que vão receber o Pagamento Do 13° Do Programa Bolsa Família?

Fará parte do pagamento do décimo terceiro do programa Bolsa Família, famílias carentes que cumprem as normas das condicionalidades impostas pelo programa.

Para receber o decimo terceiro salário, será necessário ter pego o benefício no período de 29 de março a 31 de janeiro de 2020. Portanto, irá requerer o décimo terceiro, aquelas pessoas que receberam ao menos 5 parcelas do bolsa família.

Basicamente famílias vulneráveis que estão dentro de todos os critérios, não devem sofrer com complicações para o recebimento do benefício extra.

O valor final do decimo terceiro, vai depender do núcleo da família que envolve: número de pessoas, idades das mesmas, presença de mulheres gestantes e a renda mensal da família beneficiária.

Como garantir o decimo terceiro salário do bolsa família?

Atualmente no ano de 2020, notamos muitas famílias que precisam do programa. Logo, o mesmo está passando por transformações serias e não sabemos como esse chegará em 2021.

Contudo, para garantir sua inclusão segura, seja em qual forma ele estiver, assim como para assegurar o seu decimo terceiro salário. Em suma, você deve manter seus dados atualizados.

Somente com todas as informações prestadas corretas, no cadastro único da sua cidade, será possível evitar atrasos. Logo, cancelamentos por inconclusão de informações também será uma situação poupada.

Assim, caso sua situação não tenha sido revista esse ano, agende um horário e vá verificar se todas as informações coincidem com a sua verdade.

Entenda o valor do décimo terceiro do Bolsa Família

Curioso para saber qual será o valor final do decimo terceiro do bolsa família? Logo, esse dinheiro será muito bem vindo em meio a esse cenário de pandemia ao qual todo o Brasil viveu, melhorando as festas de fim de ano.

Mas antes de qualquer coisa, devemos entender o que seria esse decimo terceiro salário do bolsa família. A princípio, o mesmo, trata-se de uma medida da união federativa, para auxiliar nesse momento de crise as famílias mais carentes.

O mesmo vem em uma época que contempla o fim de ano, onde festas comemorativas são datas. Em resumo, teremos o ano novo e também o natal transcorrendo nesse período, de modo que o dinheiro, garantia uma boa ceia a todos.

Chamado também de abono natalino o mesmo teve à medida que garantia esse pagamento, cancelada ainda no mês três desse ano. A princípio, não garantias definidas em lei que o mesmo será pago.

Contudo, o presidente Jair Bolsonaro, garantiu que haverá sim uma surpresa, referente aos pagamentos do bolsa família em dezembro. Dessa maneira animando o povo em relação as expectativas quanto ao recebimento do decimo terceiro salário.

Esse em tese deve ser cerca de duas vezes o valor original da parcela recebida pelo beneficiário. Sendo que, deve ser pago em uma única parcela no mês de dezembro, a todos que já contemplam por um período o bolsa família.

Quanto cada beneficiário deve pegar no décimo terceiro salário do bolsa família?

Seguindo a política do bolsa família, o decimo terceiro salário não é diferente dos demais pagamentos. Sendo que, o mesmo considera o salário individual para cada beneficiário.

Queremos dizer então, que o décimo terceiro será pargo de maneira especifica para casa pessoa. Assim, cada um deve receber o equivalente a duas parcelas das quais já vem recebendo mensamente.

Sendo um exemplo, uma família que recebe R$ 100 reais, no decimo terceiro, pegaria então como valor de saque nada menos que R$ 200 reais.

Não é necessário solicitar ao governo o decimo terceiro, ele cairá automaticamente na conta dos beneficiários. Em suma, basta apenas ir realizar o saque na data prevista pelo NIS.

A grande questão desse ano atípico, corre em torno do auxilio emergencial, pode ser que o decimo terceiro seja pago como uma parcela emergencial. A princípio, essa possibilidade pode ser uma vantagem, referente a dois grandes pontos.

O primeiro é que o valor de pagamento seria cerca de até 3 vezes, mais que o valor esperado pelo decimo terceiro com base no teto do bolsa família. Portanto, sendo muito mais vantajoso para as famílias carentes do bolsa família.

Em segundo lugar, uma parcela de decimo terceiro em formato de auxilio emergencial, seria válida para um público muito maior. Sendo que, assim, mais famílias teriam um fim de ano farto e digno dentro do Brasil.

Mas até o momento, nada está definido e tudo pode acontecer. Dessa maneira, a decisão está na mão do congresso nacional e do presidente Jair Bolsonaro.

Como saber quem terá direito ao decimo terceiro do bolsa família?

Uma curiosidade do programa é que nem todos os que recebem o bolsa, vão poder requerer esse decimo terceiro salário. A priori, existe critérios que devem ser seguidos para que a pessoa seja eletiva a esse dinheiro extra.

Sendo o principal, já fazer parte do programa do bolsa família, estando devidamente cadastro. Todavia, considera-se nesse ponto que todos os dados estão atualizados no cadastro único da cidade.

Pois, caso contrário, é possível que ocorra o não pagamento por inconclusão de informações pessoais. De modo que, aconselhamos que todos verifiquem a situação dos seus dados, que devem estar sempre em dia.

Outra questão, sendo essa a definitiva para receber o decimo terceiro salário do bolsa família. Logo, é que o beneficiário esteja recebendo o bolsa, a pelo menos cinco meses, o que daria cerca de 5 parcelas pagas.

Caso você não tenha ainda completado até dezembro, cinco parcelas, provavelmente não irá receber o decimo terceiro salário do bolsa família. Porém, tudo irá depender de como será feito esse pagamento, pois estamos em um ano atípico.

Sendo assim, muitas coisas e regras podem mudar, aconselhamos que você fique atento, no site oficial do governo federal.

Voltar ao Topo