Offshore

Baker Hughes entregará equipamentos submarinos para campos da Bacia de Campos da Petrobras

A empresa de serviços de campo petrolífero Baker Hughes venceu um contrato de equipamentos de campos de petróleo submarinos com a petrolífera brasileira Petrobras como parte do plano de revitalização de campos Marlim e Voador na Bacia de Campos, no litoral brasileiro.

A Baker Hughes fornecerá até cinco sistemas de produção submarina e injeção de coletores, que a empresa disse que se beneficiarão de um design leve e compacto para instalação de embarcações menores e incluirão sistemas de conexão hidráulica integrada e módulos de estrangulamento recuperáveis para realizar a vida útil da economia de custos de campo.

Os sistemas múltiplos também incluirão o sistema de conexão de grampo mecânico vertical da Baker Hughes, que aumenta a eficiência da instalação.

Além dos sistemas múltiplos, a Baker Hughes fornecerá 32 módulos modulares, estruturados e de controle submarino – chamados Modpods – que são alimentados pela tecnologia SemStar5 da empresa, fabricada na fábrica da empresa Nailsea em Bristol, Reino Unido.

“Os módulos têm um extenso histórico de implantação de campo com um tempo médio entre falhas de mais de 150 anos, o que é 10 vezes melhor do que a média da indústria medida pelos Dados de Confiabilidade Offshore e Onshore (Oreada)”, disse Baker Hughes.

Neil Saunders, vice-presidente executivo de Equipamentos de Petróleo da Baker Hughes, disse: “Estamos orgulhosos de fazer parceria com a Petrobras na revitalização da Marlim e da Voador e oferecer nossas mais recentes tecnologias submarinas para o Brasil”.

“Esse contrato é o ápice do nosso engajamento multianário com a Petrobras e se baseia em nossa história de fornecimento de sistemas de produção submarina para projetos de águas profundas no Brasil”, disse Adyr Tourinho, vice-presidente de Equipamentos Brasil e Campos petrolíferos para a América Latina da Baker Hughes.

“Nossa tecnologia leve e compacta é projetada para combater as condições mais exigentes encontradas nos ambientes de águas profundas atuais.”

O contrato incluirá uma equipe global de especialistas que fornecem sistemas de produção submarina e injeção, módulos de controle submarino, sistemas de conexão submarina e suporte à instalação de campo.

Os sistemas múltiplos serão fabricados, testados e montados na unidade do Centro de Excelência baker Hughes em Jandira, Brasil. Baker Hughes não compartilhou informações sobre o valor do contrato.

Voltar ao Topo