Benefícios

Auxílio Brasil: câmara aprova medida para tornar permanente o valor de R$ 400

A Câmara dos Deputados  aprovou nesta quarta-feira uma medida que torna permanente o programa mensal de assistência social o pagamento de R$ 400 do Auxilio Brasil para famílias em situação de pobreza, meses antes da eleição presidencial de outubro no país.

A proposta, que ainda precisa ser aprovada pelo Senado, precisa ser totalmente aprovada até 16 de maio ou será inválida.

Originalmente, a medida permitia apenas a concessão de um benefício extraordinário para complementar o Auxilio Brasil de dezembro de 2021 a dezembro de 2022.

O parlamentar que lidera o projeto, ex-ministro do governo de Jair Bolsonaro João Roma, aceitou uma alteração no documento para autorizar o pagamento permanente do programa de previdência.

O projeto foi apoiado até por membros da oposição, que comemoraram sua aprovação, mas ressaltou a sensação de que o governo só apoiou a medida por causa da eleição de outubro, quando o presidente de extrema-direita Bolsonaro buscará a reeleição.

Ajuda Brasil ou ajuda eleitoral? Está absolutamente claro que o interesse é eleitoral”, disse a deputada oposicionista Maria do Rosário, do Partido dos Trabalhadores de esquerda.

Mais cedo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que é provável que a medida seja aprovada.

Voltar ao Topo