Petróleo

Arábia Saudita diz que divergência com Canadá não interfere no petróleo

A disputa diplomática da Arábia Saudita com o Canadá por causa da prisão de mulheres ativistas de direitos humanos não afetará as vendas do reinado para seus clientes canadenses, afirmou o ministro da Energia saudita, Khalid al-Falih, nesta quinta-feira.

Na segunda-feira, um mensagem de diplomatas canadenses no Twitter pedia a liberação das ativistas detidas. A agência estatal Saudi Press mencionou al-Falih, dizendo que as vendas de petróleo não são afetadas “por circunstâncias políticas”.

Na segunda-feira, os sauditas expulsaram o embaixador canadense por causa da declaração pelas libertações. O premiê canadense, Justin Trudeau, disse que o Canadá manterá o assunto na pauta. A Arábia Saudita, porém, pode retirar milhares de estudantes e pacientes médicos do território canadense por causa da disputa. (Fonte).

Voltar ao Topo