Empregos

Refinaria Abreu e Lima pode gerar até 8 mil novos empregos

Após investimentos da Petrobras, Refinaria Abreu e Lima pode gerar até 8 mil novos empregos.

A Petrobras anunciou, na última semana, que retomará as obras de do 1º trem da Refinaria Abreu e Lima (Rnest). Essa notícia é um alívio para a situação econômica do estado de Pernambuco, pois a retomada das construções podem gerar de 6 a 8 mil empregos no prazo de três anos.

A retomada nas obras é mais um capítulo na longa novela Renest, que está no centro das investigações da Operação Lava Jato, sobre denúncias de desvio de dinheiro público. As denuncias de corrupção da Petrobras culminaram na demissão de 40 mil pessoas.

Entre as obras que terão continuidade está a Unidade de Abatimento de Emissões de Enxofre (Snox), que tem a finalidade de diminuir a emissão de poluentes na atmosfera.

A primeira parte da refinaria que está em funcionamento desde 2014 é responsável pela produção de cem mil barris de petróleo por dia (bpd). Com a finalização do Snox o 1º Trem poderá produzir até cento e quinze mil barris por dia.

>>> 120 VAGAS PARA MECÂNICO, SOLDADOR, AJUDANTE, TÉCNICOS E OUTROS

A obra na Rnest, que começou em 2005 com orçamento previsto de R$ 2,5 bilhões, tem previsão de ficar concluída no valor de R$ 20 bilhões. Este ano a Multinacional orçamento de R$ 756 milhões para essa construção.

Um Termo de Compromisso assinado entre a Petrobras e a Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) para a retomada das construções no Snox neste mês, no entanto a construção da Central de Resíduos do 1º Trem era para ter começado mês passado.

O setor de construção pesada, mesmo após o anúncio da Petrobras, não vê perspectiva de início imediato das construções. “Para nós, é mais uma promessa vazia. Dizem que vão retomar as construções, que vão gerar emprego, mas não dizem quando. O que vemos são as empresas de Pernambuco afundando”, lamenta o presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em Geral em Pernambuco (Sintepav – PE), Aldo Amaral.

A Petrobrás não informou quando terminará o processo licitatório muito menos quando as obras terão início.

O governo de Pernambuco vê como positivo o anuncio feito pela Multinacional, no entanto, ressalta que isso já “tinha sido verbalizado em janeiro 2016”.

As expectativa do Estado é pela retomada do 2º Trem que viabilizará a produção de R$ 230 mil barris de petróleo por dia.O Sintepav – PE organiza um protesto, pela retomada dos empregos na Refinaria Abreu e Lima, para o dia 24 do próximo mês.

Para saber de outras vagas no setor acesse o link VAGAS OFFSHORE. Solicite sua participação no grupo TRABALHO PESADO e fique por dentro das vagas exclusivas.

Voltar ao Topo