Economia

ANP Anuncia que quase 100 plataformas serão descomissionadas até 2025

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, cerca de 96 plataformas serão descomissionadas até 2025.

Das 96 unidades, 10 são FPSOs ou FSOs, 12 plataformas flutuantes e 74 fixas.

A ANP espera que até o final de 2021 dez unidades devem ser descomissionadas.

No atual plano de negócios (2020-24), a Petrobras presume descomissionar 18 plataformas, sendo elas, P-12, P-7, Cação 1, Cação 2, Cação 3, P-15, FPSO Piranema Spirit, P-33, P-32, P-26, P-37, FPSO Capixaba, Oeste de Ubarana, P-18, P-19, P-20, P-35 e Biquara.

Dentre elas, apenas as seis primeiras tiveram PDI aprovado pela Agência, que faz a análise de cinco programas, considerando-se o da P-15.

Juntamente com a Marinha do Brasil e o Ibama, a norma deve viabilizar, segundo a agência, pelo menos R$ 26 bilhões em investimentos nos próximos anos.

Voltar ao Topo