Notícias

Anglo segue plano de investimentos no Brasil

A Anglo American está aderindo ao plano de investimentos para sua unidade brasileira, apesar da recente queda nos preços do minério de ferro . 

A gigante de recursos com sede em Londres está investindo este ano US $ 200 milhões no sistema Minas-Rio, que além da mina de minério de ferro em Minas Gerais inclui uma planta de beneficiamento e um mineroduto de 529 km até o porto do Açu, no Rio de Janeiro Estado.

Para o ano que vem, a empresa planeja investir mais US $ 250 milhões na unidade para melhorar e manter a operação, disse Wilfred Bruijn, chefe da operação brasileira do Anglo.

Espera-se que a Minas-Rio produza entre 24Mt e 25Mt de minério de ferro este ano. A produção é exportada principalmente para China, Coréia do Sul, Taiwan e Oriente Médio.

Nas últimas semanas, os preços do minério de ferro caíram drasticamente depois de atingir níveis recordes durante os primeiros trimestres da pandemia, gerando dúvidas entre os participantes do mercado sobre o futuro de alguns projetos. 

Segundo Bruijn, a queda no preço se deve às medidas regulatórias do governo chinês para reduzir a produção de aço, o que resultaria em menor demanda por minério de ferro. O executivo não descartou mais volatilidade nos preços à frente.

“A sensação era de que a contração dos preços iria parar em algum momento, mas não foi o que aconteceu. O preço continuou caindo. É algo mais emocionante para um mercado que busca um novo patamar. Não posso dizer se o próximo movimento será outra queda de 20% ou um aumento de 20% “, disse Bruijn ao jornal.

Enquanto isso, a Anglo American planeja encerrar este ano usando energia 100% renovável em suas operações no Brasil, incluindo alguma autoprodução. 

Segundo Bruijn, atualmente 96% da energia consumida pela operação local é renovável, envolvendo energia eólica e solar. Para atingir a meta de 100%, a empresa espera apenas o vencimento de um contrato de energia mais antigo.

Voltar ao Topo