Empregos

Alunorte atinge 83% da capacidade e produção cresce no Brasil, diz Norsk Hydro

O aumento da produção no Brasil foi um dos destaques do terceiro trimestre da norueguesa Norsk Hydro, com a Alunorte atingindo 83% de sua capacidade. A informação consta do relatório que acompanha o balanço da companhia.

No comunicado, a diretora-presidente da Norsk Hydro, Hilde Merete Aasheim, diz que a revogação do último embargo contra a Alunorte, no fim de setembro, foi “muito importante” pois permitiu que a planta voltasse às suas atividades de instalação e comissionamento.

“O trabalho avança com sucesso e esperamos alcançar 85-95% da capacidade de utilização em 2020, e capacidade plena em 2021”, disse Hilde em comunicado.

A melhora na operação brasileira, no entanto, não foi suficiente para compensar a queda dos preços realizados do alumínio e da alumina no período. Como resultado, a Norsk Hydro registrou prejuízo de 1,39 bilhão de coroas norueguesas no trimestre, revertendo o lucro de 925 milhões de coroas norueguesas apurado um ano antes. A receita recuou 6%, para 37,51 bilhões de coroas norueguesas.

A empresa também divulgou lucro operacional ajustado de 1,36 bilhão de coroas norueguesas, 49% menor na comparação anual. Na área de negócios Bauxita & Alumina, houve queda de quase 30% no resultado operacional, devido ao recuo dos preços que acabou compensando o efeito do aumento da produção após a revogação do embargo de produção.

Voltar ao Topo