Últimas Notícias

Acusado de matar idosa é localizado, reage e acaba morto pela PM em Lauro

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Marlon Soares Freitas, 32 anos, também conhecido por Mahalo, foi localizado na manhã desta quarta-feira (16), na 1ª Travessa Félix de Araújo, município de Lauro de Freitas, por equipes das polícias Civil, Militar e Federal, em Portão. O suspeito é apontado pela polícia como chefe de uma quadrilha de tráfico que atua no Nordeste de Amaralina, em Salvador, e também estaria  ligado a diversos homicídios, incluindo o assassinato de uma idosa em 2015.

 Segundo a PM, Mahalo estava escondido em um imóvel que funcionava como quartel da facção criminosa, na Região Metropolitana de Salvador, e resistiu ao cumprimento de mandado de prisão. “Ele reagiu à prisão, atirou contra as equipes e foi ferido”, revelou o comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), major Clédson Conceição Sousa. Socorrido para o Hospital Geral Menandro Farias, Mahalo não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo revelou a Polícia, no dia 1º de fevereiro de 2015, o Mahalo e comparsas assassinaram a idosa Maria Conceição Neves Soares, 69 anos, durante uma tentativa de assalto. A ação criminosa foi flagrada por câmeras de vigilância e testemunhas que ajudaram a identificar o traficante, preso e, posteriormente, liberado pela justiça.

Escondido na RMS, Mahalo continuava a comandar o tráfico de entorpecentes na região do Complexo de Amaralina e em Portão, onde também estava ligado a homicídios relacionados a disputa pela comercialização. “Ele respondia a processos por tráfico, latrocínio e homicídio”, contou o oficial.

Participaram da operação equipes da Polícia Federal, Comando de Operações Policiais Militares, Rondesp Atlântico, Bope, Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa e Delegacia de Homicídio Múltiplos.

Voltar ao Topo