Concursos

5 erros de português que era melhor você não ter visto

Para dar continuidade na série sobre erros de português, separamos 5 placas completamente fora da norma aceita na língua portuguesa. A concordância é o pior deles, mas existem vários erros relacionados com a ortografia. Para não correr nem o risco de cometê-los, confira nossas aulas de gramática.

Pode até ser que para as ciências exatas a ordem dos fatores não alterem o produto. Porém, não pode-se dizer o mesmo no caso da língua portuguesa. O lugar onde os termos são dispostos fazem toda a diferença e deve ser levado em consideração na hora de construir uma frase.

Nesse mesmo caso existe um outro erro: o verbo deve concordar com o sujeito. O certo, portanto, seria alugam-se vagas (para estudantes do sexo masculino).

 

Existem tipos e tipos de erros. Esse é um daqueles que não se pode cometer.

Devemos tormar cuidado para não confundir a grafia correta com o som da palavra no momento em que falamos. O sotaque e, até mesmo, o nosso modo de se expressar carregam vícios. Um, dois, TRÊS

O google é gratuito e não tem limite de uso. No caso de dúvidas, procure um dicionário ou consulte o site de buscas. O que não pode é escrever uma coisa dessa, ainda mais numa parede bem grande para todo mundo ver. O termo correto é feminino masculino.

 

Toda vez que um termo apresente som de “C” – como no caso de SALSICHA – é importante levar em consideração quais são as letras que a antecedem. O “S” apresenta som de “C” sempre que tiver entre uma consoante e uma vogal – para levar som de “Z”, ele precisa estar entre vogais.

(Pelo menos não foi salchicha)

Para FECHAR com chave de ouro, o último erro é aquela pequena confusão entre “X” e “CH”. O verbo fechar não possui “I” e deve ser escrito com “CH”.

Fonte: Kibe Loco

Voltar ao Topo