Beleza

3 tratamentos de alecrim que impedem a queda de cabelo e o fazem crescer

Se a rotina do cabelo afeta a qualidade do cabelo, existem tratamentos naturais que podem retardar a queda de cabelo e contribuir para o aparecimento de novos cabelos. O alecrim é um remédio para esse distúrbio dermatológico, que pode ser crônico ou ocasional. Este estimulante do couro cabeludo ativa o crescimento em profundidade.

O crescimento do cabelo requer uma disciplina que pode envolver o uso de produtos naturais eficazes para estimular o crescimento, como o alecrim. Este cuidado capilar pode ajudar a conter essa queda, que pode ser causada por vários fatores.

O que contém o alecrim?

Vários ingredientes naturais podem ajudar a lutar contra a queda de cabelo, como alho ou óleo de rícino, que ativam a circulação sanguínea do couro cabeludo, o que desencadeia o crescimento. A vantagem do alecrim é que ele é econômico, tem um cheiro agradável e tem efeitos notáveis ​​quando usado regularmente. Na verdade, esta planta é um concentrado de nutrientes graças à sua composição de polifenóis , antioxidantes que previnem o envelhecimento celular prematuro., seu ácido carnósico e o aminoácido naturalmente presente nesta planta com virtudes cosméticas essenciais. Este último não só é útil na prevenção da queda de cabelo, pois seu uso ajuda a regular a secreção de sebo, pigmentar o cabelo e mantê-lo forte e brilhante por muito tempo.

Alecrim é ideal para reduzir a queda de cabelo

Por razões hormonais, estresse ou uma dieta pobre em vitaminas, o cabelo pode começar a cair e perder força. Para tratá-los, nem sempre é necessário obter cosméticos caros, que às vezes podem ser ineficazes. O alecrim é uma planta conhecida por ativar o crescimento e desacelerar o outono quando aplicado topicamente.

Em um ensaio comparativo com o minoxidil, uma molécula química para prevenir a queda de cabelo, o alecrim produziu resultados semelhantes aos de pacientes que usam esse tratamento comercializado para dermatologistas. Outra vantagem da planta é que também combate a coceira no couro cabeludo, que pode ser causada por irritação. Este tratamento pode, portanto, beneficiar pessoas com tendência à alopecia, uma queda de cabelo aguda e significativa. O óleo essencial de alecrim pode beneficiar quem tem deficiência ou está sob estresse, o que pode impactar na qualidade da massa capilar. Os cabelos opacos também podem se beneficiar da ação dessa planta que estimula a circulação sanguínea e, portanto, o crescimento.

Por que o alecrim pode ser um cuidado completo para o cabelo?

Se esta planta é particularmente apreciada por seu poder na queda e crescimento do cabelo, seu óleo também pode ser usado para outros benefícios do cabelo. Um formidável anticaspa, o alecrim atua como um poderoso antibacteriano que acalma e purifica o couro cabeludo em profundidade. Um tratamento com alecrim pode combater essas descamações que podem estar na origem de complexos e constituir um distúrbio dermatológico. A planta é ideal para quem tem cabelos opacos, pois atua como um excelente tônico que garante força, tônus ​​e brilho. Uma aliada de beleza essencial que seria errado prescindir.

Descubra 3 tratamentos de alecrim para cabelos sedosos:

1. Água de alecrim para impedir a queda de cabelo

Para se beneficiar desta erva, usando-a como um poderoso tônico e anti-queda de cabelo, você pode usá-la fazendo sua própria loção natural. Para fazer água de alecrim que estimula o crescimento, você precisa se servir de dois copos de água e 3 colheres de sopa de folhas de alecrim secas.

Se você quiser fazer este remédio caseiro, leve a água para ferver e despeje a água nela. Em seguida, tampe a panela e aguarde 10 minutos para que o preparo seja eficaz. Basta filtrar e deixar a infusão esfriar. Quando terminar, use este tratamento como enxágüe após aplicar o shampoo ou condicionador. Ele vai te dar brilho e atuar como um escudo contra esse fenômeno às vezes sazonal. Para resultados significativos, adote este ritual a cada lavagem por 30 dias. Você rapidamente se tornará um fã deste formidável tratamento caseiro!

2. Óleo de alecrim para nutrir o cabelo

Quem quiser se beneficiar das virtudes nutritivas da planta ideal para o cabelo pode utilizá-la em óleo. Para fazer você mesmo, você vai precisar de uma pequena tigela de azeite de oliva, na qual irá embeber as folhas secas de alecrim, das quais você removeu todos os galhos de antemão. Deixe essa mistura esfriar na geladeira durante a noite. No dia seguinte, use este remédio para o cabelo, aplicando-o nas raízes e comprimentos antes de dormir. O efeito deste tratamento natural pode ser observado após dois meses de aplicação duas vezes por semana. Você também pode colocar 5 gotas desse óleo em seu xampu ou condicionador para aproveitar suas virtudes durante a lavagem.

3. Uma loção tônica com alecrim para restaurar a vitalidade de sua juba

Para manter a força e o vigor do seu cabelo com facilidade e naturalidade, o alecrim é um ótimo remédio. Use 5 colheres de água de alecrim da receita dada acima e misture com meio litro de água e 5 gotas de óleo essencial deste poderoso anti-queda de cabelo. Deixe a mistura ferver em uma panela, depois deixe a mistura esfriar na geladeira antes de usar. Para se beneficiar de seus efeitos, deve ser aplicado diretamente no couro cabeludo, massageando-o para estimular a circulação sanguínea que estimula o crescimento. Deixe o tratamento por 15 minutos antes de enxaguar com água fria para dar um toque de brilho.

Como uso o alecrim diariamente para a saúde do meu cabelo?

As propriedades tonificantes da planta melhoram o vigor dos cabelos e podem ser utilizadas de diversas formas. Você pode aproveitar suas virtudes cosméticas adquirindo tratamentos como xampus, loções para os cabelos concentradas neste ingrediente. Para optar por um tratamento natural eficaz, você pode usar óleo essencial de alecrim orgânico, que atuará no cabelo reduzindo a queda de cabelo e estimulando o crescimento, que às vezes pode ser retardado por fatores biológicos e hereditários. Um tratamento de 3 meses aplicado regularmente irá ajudá-lo a recuperar o volume e o vigor do seu cabeloque pode cair devido a transtornos hormonais. Para dobrar sua eficácia, você pode misturá-lo com óleo de rícino, que também é conhecido por fortalecer o folículo piloso. Ou seja, o óleo essencial deve ser sempre diluído com um óleo vegetal antes de sua aplicação.

Quando é que a perda de cabelo é preocupante?

A queda de cabelo é um fenômeno natural que depende de razões endógenas, como dieta e hereditariedade. Todos os dias perdemos 50 a 100 folículos capilares. Às vezes, essa queda pode ser mais importante e neste caso podemos falar de alopecia. Cabelos oleosos e secos também podem ser mais vulneráveis ​​a esse distúrbio dermatológico, que requer consulta com um especialista. Ele pode detectar alopecia androgênica, cujos sintomas podem ser reduzidos, deficiência ou distúrbio hormonal. O outono sazonal pode começar no outono e na primavera, mas também pode ser influenciado pelos ciclos de vida do cabelo.

A perda de cabelo também pode ocorrer após a gravidez porque, após esse período, os hormônios masculinos chamados andrógenos aumentam e podem causar isso. A menopausa também é um período que pode se manifestar como perda de volume do cabelo. Certos medicamentos, como tratamentos para hipertensão ou contracepção oral, podem afetar o enfraquecimento do cabelo. Se você observar que a queda de cabelo se instalou com o tempo, é essencial consultar um médico.para ser capaz de detectar sua origem. A alopecia areata também pode ser responsável pela queda de cabelo, pois é uma doença auto-imune que enfraquece o folículo piloso. Resultado: as placas aparecem e devem ser tratadas pelo médico antes de se espalharem. Certos hábitos podem contrariar esse efeito e implicam fortemente em um estilo de vida a ser adotado para cuidar do cabelo.

É importante relaxar para evitar a queda de cabelo

Embora uma dieta pobre em ferro e vitamina D possa levar à queda de cabelo, o estresse também pode ser o responsável. É por isso que é importante limitar as fontes de estresse e dormir pelo menos 7 horas por noite. Quando você está estressado, o funcionamento dos folículos capilares tende a ser menos eficiente. Um período traumático pode impactar no volume da massa capilar e é importante aprender a cuidar dele no dia a dia. Hábitos como atividade física vigorosa três vezes por semana, exercícios de relaxamento e respiração podem ajudá-lo a se sentir mais calmo durante um período de esforço emocional ou físico. Yoga é uma ótima atividade para se focar em você mesmo porque combina corpo e mente para uma mente mais calma. Períodos de queda de cabelo podem ser observados alguns meses após um ritmo de vida particularmente estressante. E por um bom motivo, o estresse retarda o crescimento do cabelo e pode se manifestar em um maior número de fios perdidos após a escovação.

Ao mesmo tempo, evitando produtos químicos muito agressivos para o cabelo, modelagem repetida e coloração frequente podem preservar a massa do cabelo. Adquirir o hábito de seguir uma dieta balanceada também ajudará a nutrir o couro cabeludo de dentro para fora e a ter uma juba forte. Certos alimentos como aves, abacates, cogumelos, tomates, legumes, nozes e peixes são fontes de vitamina B que ajudam a manter a saúde do cabelo e das unhas e aceleram o crescimento.

É necessário consultar um especialista durante uma queda crônica

Se após mudar seu estilo de vida e adotar as ações corretas para um cabelo saudável sua queda de cabelo persistir, será necessário consultar um dermatologista que possa tratar eficazmente este problema. Esse especialista pode identificar a causa exata que causa essa alopecia de longa duração e pode oferecer tratamentos eficazes para combater esse distúrbio dermatológico. Eles serão capazes de dizer se essa perda de massa capilar se deve a um ciclo natural do cabelo ou se está relacionada a um distúrbio hormonal ou deficiência alimentar, após solicitarem exames de sangue. Esta avaliação do cabelo permitirá que você entenda melhor sua natureza e os hábitos necessários para cuidar dele.

Voltar ao Topo